domingo, 11 de junho de 2017

Empresário ou Empreendedor??

Em teoria, se tivesse que definir ambos, provavelmente diria que tinham muito em comum.


Acontece que o Empresário, será alguém bem sucedido profissionalmente, com estabilidade financeira e que goza de um estatuto difícil de cair por terra.

Do outro lado, temos o Empreendedor, que tal como o nome indica, empreende-dor... Empreende dor no seu dia-a-dia, nos seus afazeres, nos seus compromissos, nos seus amigos, na sua família, enfim...

O Empreendedor, é alguém, que tem espírito de sacrifício, que se castiga a si próprio... Está quase sempre na fronteira entre a resiliência e a paciência para levar a bom porto os seus objectivos.

O Empreendedor, dá o melhor de si, tem atitude, tem coragem... 

O Empreendedor, talvez, quem sabe, um dia chegará a Empresário :)

domingo, 12 de março de 2017

2017... Com "carvão" a mais!!!

Começamos 2017, como terminamos 2016... Em família, desta vez a mostrar um pouco do nosso trabalho ao "Mundo" :)



...Não é fácil viajar em família, mas tomei a decisão, que sempre que fosse para fora do país levaria a família comigo, posso não ir a todo o lado (até porque a carteira não permite), mas onde fôr, vamos todos!

Desde o início do ano, o tempo para escrever, tem sido nenhum :(  Começo pelo mais recente, como a nossa presença no simplesmente Vinho Barcelona... em parceria com a amável Malena Fabregat... 


... Convívio, com gente 10 estrelas!...


... E a certeza de que não sou o único "louco", a fazer vinho!



... simplesmente Vinho Porto...
...Com a excelente organização de João Roseira e família ...
Agradecemos a todos os que nos vieram visitar e provar as novidades!
De facto senti-me em casa, percebi, que existe muito boa gente a trabalhar a terra, como nós, e que afinal, apesar das dificuldades, ESTAMOS NO CAMINHO CERTO!



... também fomos até Aveiro, apresentar as novidades...



...e demos um salto a galiza, para jantar com apaixonados pelo vinho.



... No início do ano, começamos a preparar o enchimento do nosso primeiro Pequenos Rebentos Escolha Loureiro 2016, que oficialmente chega ao mercado, já durante, esta semana...



... E um clássico, esgotado a algum tempo, o Pequenos Rebentos Escolha Alvarinho/Trajadura 2016 regressa, agora cheio de vida e com nova roupagem...



... No Douro, começamos, um sonho antigo, trabalhar a terra e ver nascer coisas novas...
Mais para a frente falarei sobre a nova plantação...


... Esta futura vinha foi batizada, por motivos óbvios :), como
Vinha da Sofia



... Fevereiro, foi o mês da poda na Vinha Velha do Pombal. Este ano a vinha teve que sofrer algumas alterações, aliás, o sistema de poda foi, sempre que foi possível, alterado para Royat...


...Atendendo a apenas termos 2 arames, temos de dar espaço às unidades de frutificação, tornar mais arejada a futura zona dos cachos, enquanto o desenvolvimento foliar, não se "atafolha" em todo o ciclo da videira...



... Foi também altura para esticar arames, e substituir postes danificados...



... Em Janeiro, limpamos os pés da vinha, claro, com a ajuda do já habitual "brinquedo" da Vinha do Pombal ...


... Esta vinha velha, tem muitas falhas, e como tal, vamos aos poucos recuperando os bacelos existentes ("bravo" - videira americana)...


... Para mais tarde, enxertar com variedades, antigas e raras, existentes na própria
Vinha Velha do Pombal...



... A Vinha Centenária, vai também ganhando vida...



... Uma das surpresas do ano, é a vinda, para o nosso projecto, de um amigo de longa data... André Henriques da Silva, especialista em bio, mas sobretudo biodinâmica, foi consultor em empresas como Soalheiro ou Aphros... Deu-me o gosto, de saber que estará ao nosso lado, para o futuro da recuperação das nossas vinhas velhas... E o futuro aguarda coisas muito boas ;)



... Viajando quase 500km, até uma região, apenas demarcada há mais ou menos 20 anos, a Ribeira Sacra, situada na Galiza, para quem não sabe...


... Já faz vinho à mais de 200 anos...



...Quando falamos de Ribeira Sacra, falamos de uma viticultura difícil, praticamente impossível, uma viticultura completamente heroíca!!...



... E claro, em 2017 lanço-me a um novo e grande desafio... Recuperar um vinhedo centenário, e fazer vinho numa das regiões mais bonitas do Mundo...



... Na nossa ida a Galiza aproveitamos e, também, visitamos gente muito especial...


...Alberto Nanclares e seus Albarinos biodinâmicos...



... Na Ribeira Sacra, o sempre irreverente, mas simpático Xábi Prádio...



... Com vinhos a fazer lembrar a Borgonha...



... O verdadeiro trabalhador nato, até demais, Roberto Regal Lopéz, neto da primeira visionária a fazer vinhos ecológicos na Galiza, vinhos Diego de Lemos...



... Com os seus projectos Toalde e Neno da Ponte, entre outros, um homem de coração muito puro...



...E para terminar, tinha de visitar um verdadeiro Icon...


...Rodrigo Mendez, simples e humilde fazedor de incríveis vinhos nas Rias Baixas e na Ribeira Sacra, juntamente com o Enólogo Raul Pérez, falamos de marcas como Albarino Sálvora, Genoveva, Telheira...



... O que falo aqui, dava "pano para mangas", mas de facto o tempo urge. Espero no futuro ter mais tempo para escrever o que gosto de fazer, afinal de contas... "Apenas" viver :)








quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Agradecimentos 2016... Venha 2017!

É tempo de pensar no bom e menos bom do ano 2016, mas avançar a todo o vapor para 2017!



Este ano de 2016, continuamos a bater à porta da "D. Maria" da Garrafeira e do "Sr. António" do Restaurante para vender umas caixitas de vinho...

(Sr. Nuno Diogo, proprietário do Restaurante Bon Bon, no Carvoeiro, brindamos à 1ª Estrela Michelin)


... Aceitamos os convites que nos fizeram para aparecer ao público...

(Garrafeira da Ivone, uma Senhora do Vinho!)


...Os almoços com gente boa...

(Bloguers e Cª)


... Convites para feiras "sem aleijar" o orçamento...

(Maria Helena Duarte - Evento Paixão pelo Vinho Porto)


...Mais gente que acredita nos nossos projectos
e outros que nos bem receberam pelo País fora...

(Garrafeira 5 Estrelas, de gente 10 estrelas! by Luis AlmeidaVintage Pink, outro enganado :) )



..Mas sobretudo, foi o ano em que mais suamos na Vinha...

(Vinha do Pombal, a ganhar vida)


...Em que mesmo, em situações menos boas...

(Granizo, uma devastação total)


... Devemos acarinhar o que nos resta e avançar!



Inventamos na adega...

(Pequenos Rebentos À Moda Antiga 2016)


...Recriamos...



...Apaixonamo-nos por uma Vinha Centenária...

(A fazer vinho branco de uma vinha com 120 anos)


... Com estreia marcada para 2017.

(Permitido Vinha Centenária 2016)


...Chamar-lhe-ia  Enólogo T.T. (todo-o-terreno), podia criar a sigla V.A.V. (Vinha, Adega, Vendas)...


(Gosto muito do que faço, mas lá no fundo, tenho que arranjar gente que também goste :) )

...Ou como o meu Professor, da Faculdade, Jorge Queiroz dizia: "O Enólogo de manhã, anda de botas, à tarde de bata, e à noite de gravata!" ...Enfim... Não tem que saber, é assim mesmo, e o caminho faz-se caminhando.


Deixo também umas palavras para todos os nossos fornecedores, todos sem exceção, foram incansáveis.


Um pequena nota apenas para o Senhor Manuel Ribeiro da Gráfica Vox e sua equipa, foram notáveis.
Obrigado a todos. Foram, e são parte da nossa equipa.




Tenho de ser grato, por acordar todos os dias e fazer o que gosto!
É duro? ...Muito! ...Levo com "nãos"? ... Todos os dias! A vida é assim mesmo, um desafio... Temos de ler nas entrelinhas o melhor que ela nos dá, e no meu caso em particular, a minha família... Sim, porque é a minha família que faz de mim, um homem melhor todos os dias!

Viva 2017!!!


domingo, 11 de dezembro de 2016

Novidades

Com a chegada do fim do ano, chega também o tempo em que as coisas boas acontecem...

Já estão disponíveis no mercado nacional, alguns clássicos bem como a entrada de um vinho muito "comprometido".



O regresso de um vinho especial... O Pequenos Rebentos Edição Limitada Alvarinho 2015, foi o nosso primeiro vinho a sair para o mercado. Da colheita 2010 e 2011, saíram vinhos diferentes. Feito «À Moda Antiga», este edição limitada é macerado e fermentado nas peliculas, estagia com as borras totais em barricas de carvalho francês. Em 2015, a aventura continuou, bem como em 2016, (este ultimo entrou recentemente num longo caminho pelo "deserto"). Este 2015, tem um significado especial, pois foi o ano de nascimento da minha filhota.
Aparte "sentimentalismos", trata-se de um vinho contido de aroma, mas poderoso, rustico, gordo na boca, que nada tem em comum com vinhos novos aromáticos e frutados... Um vinho que estagiou durante quase 11 meses em barrica, e que sai agora para o mercado. Conhecido por muitos, desconhecido por outros tantos, está disponível desde 1 de Dezembro, com nova roupagem, numa edição muito limitada que não chega às 600 garrafas!!!
PVP:16/18€





A entrada de um novo vinho no mercado, promete...  Feito com uvas do Douro Superior, o Anel Reserva Tinto provém de vinhas com cerca de 25 anos, localizadas na margem esquerda do Rio Douro. Com 50% Touriga Nacional, 40% Touriga Franca e cerca de 10% vinhas velhas, 6 meses de estágio em barricas de carvalho francês, creio que resultou num lote com grande consistência, perfeito para beber já, ou nos próximos 8 a 10 anos. Está disponível no mercado, em caixas de 6 garrafas.
PVP: 8/10€ É caso para dizer: O compromisso nunca foi tão bom :)






Todos os nossos vinhos são especiais.
O Proibido Grande Reserva Tinto 2013 não é exceção.
Mais um grande ano para este vinho, que começou em 2010 a sua saga. Com uvas provenientes de vinhas entre os 40 e os 80 anos, este ano, na minha opinião, encontramos um vinho mais redondo e um pouco mais alcoólico, que nada pesa no conjunto, bem pelo contrário, vem trazer companhia à acidez, para juntos terem uma vida "boa" durante os próximos 20 anos.
Este ano foram cheias apenas 1.105 garrafas 0,75L, 50 Magnums 1,5L e 10 Double Magnums 3 L. Estará disponível em caixas de madeira de 3 garrafas, a partir da segunda semana de Dezembro. Disponível em garrafeiras e restaurantes selecionados.
PVP:25/28€



No mercado estão também 4 garrafas cujos contra-rótulos estão ao contrário, assinados e numerados. Representam uma garrafa por cada colheita (2010-2013). Quem tiver a "sorte" de comprar uma destas garrafas, tem direito a uma garrafa Magnum! Bom proveito:) com cheirinho a Natal