segunda-feira, 31 de dezembro de 2018

2018 EM RETROSPECTIVA

Fruto da colheita 2017, este 2018 foi um ano cheio reconhecimento...


Se por um lado, é com grande satisfação que vemos o nosso trabalho ser reconhecido pelos mais variados criticos... Por outro, temos responsabilidade acrescida para o que há-de vir.

No entanto, este resultado depende de um negócio que existe a céu aberto, e 2018, foi um ano dificil e muito complicado, em que grande parte dos nossos produtores perderam a sua produção. 



Muita doença, fruto de uma primavera chuvosa, um pouco pelas regiões que trabalhamos



Chegados à vindima, este ano em especial, "caótico" foi o termo certo.
No Douro houve tempo para a famosa lagarada...



... Voltamos a fazer o nosso Proibido À Capela...



... Bem como o nosso Permitido Centenária (que regressam ambos em 2019)



Graças ao verão tardio, o Selvagem regressa também em 2019



No caso do Loureiro, este ano vinificamos 2 novas vinhas, em Barcelos e Ponte de Lima, vinhas entre os 30 e os 40 anos, que ao dia de hoje se apresentam com enorme potencial.



Na Ribeira Sacra, ano muito dificil, por causa, mais uma vez,  das doenças, também aqui voltamos "à carga" :)




...E passamos uma parte do ano a promover o melhor que fazemos um pouco por todo o país e lá fora...



Desejamos um excelente novo ano 2019, para quem nos acompanha e nos ajuda todos os dias a sermos melhores, com a garantia que ainda muito está para vir ;)

Sem comentários:

Publicar um comentário